O Lápis Azul

Há uns dias atrás, mais precisamente dia 14 de Setembro de 2010, surgiu um comunicado emitido pela Associação do Comércio Audiovisual de Portugal - ACAPOR - onde se anuncia um procedimento administrativo com vista ao bloqueio do acesso em Portugal aos sites The Pirate Bay e PirataTuga. No mesmo comunicado é enunciado o Decreto-Lei n.º 7/2004 que transpõe para o ordenamento jurídico português a Directiva 2000/31/CE, que visa dar poderes ao IGAC — Inspecção Geral das Actividades Culturais para int...
Ler mais

 

ACAPOR – 24 horas de downloads ilegais

Anteontem, dia 20 de Janeiro de 2009, a Associação de Comércio Audiovisual de Portugal (ACAPOR), juntou-se em Lisboa, no Largo de Camões, onde montou uma barraquinha para protestar contra a "pirataria online" que afirma estar a "destruir" o negócio dos videosclubes que representa. Munidos de um portátil e uma placa de banda larga móvel para uma maratona simbólica de 24 horas a "sacar filmes", mostrando que estão a levar a  efeito uma actividade ilegal sem que as autoridades tomem qualque...
Ler mais

 

Posição do PPP relativamente à Carta enviada pela ACAPOR ao Primeiro Ministro [Abaixo-Assinado]

No passado dia 7 de Outubro de 2009 ainda o Senhor Primeiro Ministro José Sócrates não tinha sido indigitado para essa função e já lhe fora enviada uma carta aberta pela Associação do Comércio Audiovisual de Portugal, aconselhando-o a tomar medidas que o Partido Pirata Português considera nefastas à sociedade portuguesa e ao seu natural progresso. O texto que se segue é a refutação a essa carta aberta por parte do Partido Pirata Português representando quem realmente deve ser protegido: os cidad...
Ler mais

 

Carta enviada ao Senhor Primeiro Ministro pela ACAPOR

  A Acapor, Associação do Comércio Audiovisual de Portugal, enviou recentemente uma carta aberta ao Primeiro Ministro José Sócrates, apelando-o a reforçar o combate à pirataria e dando como exemplo a política de Sarkozy, que como se sabe, pretende aprovar uma lei que permite o bloqueio de contas de Internet sem decisão prévia de um tribunal (HADOPI). Esta carta vem no seguimento de muitas tentativas de pressão por parte de associações e empresas ligadas à indústria audiovisual, que até agora t...
Ler mais

 

Polémica “downloads ilegais”

Depois de toda a “polémica” sobre as supostas penalizações de quem efectue downloads ilegais, o ministro da cultura José António Pinto Ribeiro, veio serenar um pouco os ânimos sobre as declarações que proferiu em Bruxelas sobre este tema, quando manifestou reservas sobre a penalização dos downloads ilegais. Depois do ministro ter manifestado essas reservas, as principais sociedades de autores e comércio nacionais, vieram de imediato à praça pública dizer as suas “sentenças” sobre as declaraçõ...
Ler mais

 

Mais informações

Login

Assinaturas

No Data