Polémica “downloads ilegais”

Depois de toda a “polémica” sobre as supostas penalizações de quem efectue downloads ilegais, o ministro da cultura José António Pinto Ribeiro, veio serenar um pouco os ânimos sobre as declarações que proferiu em Bruxelas sobre este tema, quando manifestou reservas sobre a penalização dos downloads ilegais.

Depois do ministro ter manifestado essas reservas, as principais sociedades de autores e comércio nacionais, vieram de imediato à praça pública dizer as suas “sentenças” sobre as declarações do ministro.

A SPA (Sociedade Portuguesa de Autores) afirmou que aquilo que o ministro disse, é um “atentado” aos interesses dos artistas e dos criadores. Mas, a ACAPOR (Associação de Comércio Audiovisual de Portugal) teve uma atitude mais radical, ao exigir a demissão do ministro. Aliás, esta associação está a ponderar em apresentar queixa-crime contra o ministro.

A ACAPOR em comunicado informou que “Estas declarações são um incentivo ao download ilegal, pelo que aquilo que ouvimos da boca do ministro foi uma clara instigação pública a um crime”.

Depois desta “polémica”, o ministro em conjunto com a SPA, decidiu criar um grupo de trabalho para defender os direitos dos autores e artistas.

Como em tudo, há sempre “mal entendidos”, depois de o ministro explicar o que realmente queria dizer, eles disseram “Ah, mas se foi isso que disse, nós ficamos contentíssimos”.

Apesar de o ministro defender um controlo sobre os downloads ilegais, disse também que a solução terá de ir ao encontro de “um modelo de negócio que a um tempo permita remunerar os autores (…) e por outro lado assegure a acessibilidade a esses mesmos produtos”.

A título pessoal, isto vai de encontro aquilo que sempre afirmei. Se houver melhores preços e melhores “acessibilidades” aos produtos, certamente diminuirão os downloads ilegais. As industrias só se preocupam quando começam a ficar sem os astronómicos lucros, mas até aí, não quiseram saber do “cliente”. Os downloads ilegais, são um problema criado pelas próprias indústrias.

Fonte: Pplware


Comentários

Um comentário de Polémica “downloads ilegais”

Deixe um comentário

Hinweis: Durch Bereitstellung der Kommentierungsfunktion macht sich die Piratenpartei nicht die in den Kommentaren geschriebenen Meinungen zu eigen. Bei Fragen oder Beschwerden zu Kommentaren wenden Sie sich bitte über das Kontaktformular an das Webteam.

Deine E-Mail-Adresse wird nicht veröffentlicht. Erforderliche Felder sind markiert *

12 − eight =

 

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Mais informações

Login

Assinaturas

No Data